Notícias

Roberto Andreola - Os 25 anos de Tênis no Recreio Cruzeiro | 05/11/2017

2017 marca as bodas de prata da contratação do então Professor Andreola, como tenista profissional do Clube

Tímido com as palavras mas ágil com a raquete, assim é o tenista e professor de tênis do Recreio Cruzeiro, Roberto Andreola.

Aos sete anos o menino já queria ser profissional de tênis, acompanhava seu pai que trabalhava no Recreio da Juventude, clube tradicional de Caxias do Sul e que desenvolvia a prática do esporte.

O menino que era catador de bolas nos jogos, chamou a atenção do professor de tênis, Gonzalo Garaialde, que começou a treinar o promissor tenista.

Mas aos 21 anos, a vida de Andreola toma um novo rumo. Na época, em 1992, os jornais locais divulgavam a iniciativa arrojada e surpreendente do clube Cruzeirista,  a contratação de Roberto Andreola para representar o clube em competições e para se tornar orientador técnico dos associados que praticavam o esporte e instruir os novos praticantes dessa modalidade que até a época não tinha tanto renome no Cruzeiro.

Para o jovem tenista, a contratação era um desafio e tanto, estruturar um departamento de tênis, que hoje é um sucesso. “O clube é minha família, me sinto bem aqui e isso é o diferencial. Quando assinei o contrato disse que iria trabalhar e jogar para o clube e não para mim”, disse Andreola.

Hoje, graças ao empenho do tenista, o tênis é a modalidade de esporte destaque do Cruzeiro, com participação em diversos torneios e campeonatos e com uma safra recorde de praticantes e novos tenistas profissionais.

Na época, a palavra dos responsáveis pela contratação de Roberto Andreola era a certeza de uma raquetada bem dada e um ponto marcado no canto da quadra.

“Realizamos o sonho de contarmos no nosso clube com um tenista de renome. Vamos qualificar melhor o nosso tênis, com um ótimo professor”, destacou Jorge Müller, Diretor  do Departamento de Tênis da época. Os demais responsáveis pela contratação do tenista Andreola,  Gilson Scalabrin, João Kramer Pereira, Ari Ortigara, Edmundo Zanandrea e Vasco Costa estavam com a razão: essa contratação foi a certeza do sucesso do tênis no Recreio Cruzeiro.

Em 1987, Roberto viajou à Europa para  participar de um Circuito de Tênis, onde  disputou a sua categoria com 50 dos melhores tenistas do mundo, representando o Brasil. Participou do mais famoso torneio de tênis, o Rolland Garros. No ranking, nos quatro torneios profissionais que disputou, Andreola ficou entre os 712 melhores tenistas do mundo. No Brasil, sua posição ficou entre os 10 melhores do País, na sua categoria 18 anos.

“O que me motiva na vida é continuar dando aula de tênis e ver que o esporte vem crescendo cada vez mais”, Roberto Andreola.

Monte Bérico, 9ª Légua | Caxias do Sul
(54) 3208.5546

Redes Sociais